Golpe: Saia do SPC e SERASA sem pagar as dívidas

Se você procurar em sites de pesquisa como Google ou Yahoo, vai encontrar “anúncios milagrosos” oferecendo uma “fórmula mágica” para tirar seu nome do SPC e SERASA em poucos dias, e mais: “sem precisar pagar seus débitos” e “legalmente” .

CuidadoÉ tudo mentira! Essas pessoas que anunciam esses “milagres” não passam de aproveitadores querendo tirar o seu dinheiro.

Como exemplo, um desses manuais (Que não citaremos o nome) tem cerca de 10 páginas e ensina “dicas e macetes”errados e/ou criminosos, pois incentivam as pessoas a ajuizarem ações inventando mentiras, forjar e alterar documentos públicos, etc., tudo com o intuito de tirar seu nome do SPC e SERASA.

São na verdade fórmulas que não ajudarão em nada o devedor, ao contrário, podem levá-lo a banco dos réus em processos criminais.Estes “manuais” afirmam que você pode entrar com uma Ação de “OBRIGAÇÃO DE FAZER” nos Juizados de Pequenas Causas, contra o seu credor simplesmente alegando que “desconhece a dívida” e que “ficou surpreso com a cobrança” que assim o juiz irá lhe dar uma liminar para que seu nome saia do SPC e SERASA. Os manuais ainda orientam que você não compareça à audiência.

Porém, a orientação e a explicação dada é errada e o resultado não será aquele que anunciam!

Na prática, muitos juizes não dão liminares para retirar o nome do SPC e SERASA de imediato, ficando aguardando a audiência de conciliação, em média de 10 a 20 dias após o ajuizamento da ação, para verificar a documentação que o credor possui em relação à dívida.

Mesmo assim, se o juiz der a liminar para retirar seu nome do SPC e SERASA isto será temporariamente, podendo a liminar ser posteriormente cassada.

Após, na própria audiência, a empresa credora trará documentos que provam a existência da dívida (contrato assinado pelo devedor, cheque, faturas, etc) e o seu nome voltará a ser inscrito no SPC e SERASA, além do que, poderá ser condenado ao pagamento das custas processuais.

Outro “ensinamento” dos manuais é para criar ou alterar documentos públicos (certidões, ofícios judiciais, etc) usando programas de computador para edição de imagens, alterando dados, datas, etc, o que é crime!

Nestes casos, o crime é facilmente descoberto e além do devedor voltar a ter seu nome incluído no SPC e SERASA vai responder a processo criminal por fraude (Falsificação de documentos, estelionato, etc).

Portanto, muito cuidado! Não existe nenhuma “fórmula mágica” para tirar seu nome do SPC e SERASA em poucos dias e sem pagar as dívidas!

BUSQUE ORIENTAÇÃO JURÍDICA DE UM ADVOGADO.