Como tirar o nome do SPC ou SERASA

 Há algumas formas de se retirar o nome do SPC / SERASA:

 1. Pelo pagamento:

A pessoa que pagar a dívida deve ter seu nome excluído de forma imediata dos cadastros (prazo máximo de 5 dias).

O acordo parcelado também é uma forma de se extinguir uma dívida. Com ele, você cria uma nova dívida para pagamento em novas parcelas com novas datas de vencimento, a contar da assinatura do acordo.

Assim, com o acordo e o pagamento da primeira parcela, a dívida antiga está extinta, ou seja, não existe mais e também não podem existir mais cadastros negativos de SPC ou SERASA. Desta forma, o credor tem o prazo legal de 5 dias úteis para retirada do nome do devedor dos cadastros.

2. Pelo decurso do prazo de 5 anos

A lei estabelece (no artigo 206, § 5º do Novo Código Civil) o prazo de 5 anos para que o credor possa cobrar a dívida. Após este prazo a dívida estará prescrita, não mais podendo ser cobrada na justiça. Nomes no SPC ou SERASA, após esse prazo, deverão ser retirados.
O artigo 43, § 1º do Código de Defesa do Consumidor, também prevê o prazo máximo de 5 anos para que o nome de alguém possa ficar cadastrado nestes órgãos (este prazo conta da data em que a dívida deveria ter sido paga).

Portanto, completados os 5 anos a dívida deve ser excluída dos cadastros imediatamente.

3. Discussão judicial da dívida

Há casos em que o devedor não concorda com a dívida ou com o valor que ela “alcançou”, através dos juros, correções e outros aplicados sobre o valor original. Para tanto, ele poderá discutir a existência ou o valor da dívida e seus encargos.

Nesse caso, aconselha-se a intervenção de um advogado para o ajuizamento da ação judicial.