Advogado BH – Pensão Alimentícia

Qual o valor da Pensão Alimentícia que deve ser paga ao(s) filho(s)?

Bem, a lei estabelece duas condições básicas para arbitrar o valor da Pensão Alimentícia: a real NECESSIDADE do filho e a CAPACIDADE do Alimentante (que pode ser o pai ou a mãe) de poder “pagar” a Pensão ao dependente.

Pensão alimentícia

No caso de uma ação de Alimentos, é importante que hajam provas documentais das necessidades do filho, como: valor da escola, vestuário, alimentação, plano de saúde, remédios, lazer, etc.

De igual forma, aquele que irá pagar a Pensão, deverá comprovar sua renda e também os seus gastos.

Diante das necessidades do filho e da capacidade financeira de quem irá pagar a Pensão, a justiça irá determinar (arbitrar) o valor mensal a ser pago.

Certamente que o filho e o Alimentante (pai ou mãe que irá pagar a pensão) poderão fazer um acordo acerca do valor, o que será levado em consideração pela justiça.

Mas é importante que se tenha “em mente” que a melhor forma de estabelecer o valor da Pensão Alimentícia ainda é o BOM SENSO.

Lembre-se que para ajuizar uma Ação de Alimentos, é necessária a intervenção de um advogado.

Em BH, necessitando de intervenção profissional de um advogado especialista, entre em contato com a Nery Consultoria Jurídica.

Faça jus aos seus direitos: mantenha-se informado!


Esse é o canal do Direito do Consumidor, da Nery Consultoria Jurídica aqui de Belo Horizonte e esse foi mais um Informativo Jurídico. Lembrando que nosso objetivo é tirar dúvidas que são enviadas aqui em nosso site.

Tendo outras dúvidas, sugestões de outros assuntos que possamos esclarecer, ou, caso precise entrar em contato com nosso Departamento Jurídico, clique aqui e envie sua mensagem; ou, acesse o atendimento jurídico online no canto inferior do nosso site.

Se você quiser receber e acompanhar todos os nossos novos vídeos, se inscreva no Canal da NERY CONSULTORIA no YouTube.